DAN Medical Frequently Asked Questions

Back to Medical FAQ List
Bookmark and Share

Swivel do O-ring arrebenta embaixo d'água

Falha no swivel de um O-ring causa subida de emergênciaFazia seis minutos que estávamos mergulhando a uma profundidade de 14 metros quando o guia de mergulho viu uma arraia. Nós o seguimos para o fundo e, em 3 minutos, nos encontrávamos a uma profundidade de 20 metros. Filmei a arraia por um minuto, e então subi para 17 metros por três minutos e para 15 metros por outros três minutos. Àquela altura (tempo total de mergulho de 18 minutos), ouvi um estouro alto e um grito. Olhei em volta e vi o meu dupla acima de mim a cerca de 10 metros tirando fotografias. Tínhamos combinado que se eu seguisse o guia de mergulho quando ele nos mostrasse objetos embaixo d'água, o guia se tornaria temporariamente o meu dupla e o meu parceiro original poderia ficar para atrás.Enquanto eu estava olhando em volta, procurando pela origem do grito, uma corrente de bolhas saiu do meu regulador: Era a fonte do "grito" (ver Foto 1). Quando tirei o regulador da minha boca para verificar o problema, vi que todo o ar estava vindo do meu swivel. Comecei a dar pernadas rápidas em direção ao guia de mergulho.

Ele me viu nadando na sua direção com o meu regulador na mão, então veio ao meu encontro velozmente e me deu imediatamente o seu regulador. Meu cilindro começou a flutuar e a nos puxar para a superfície. O guia de mergulho alargou as nadadeiras para desacelerar a subida. Esse incidente todo durou menos de dois minutos. Eu fiquei calmo e tinha feito uma longa inspiração antes de tudo isso acontecer.

Estava preocupado com a flutuação do meu cilindro de alumínio de 15 litros. Infelizmente, o meu cilindro estava posicionado mais baixo do que o normal porque eu estava filmando, então eu sabia que não conseguiria alcançá-lo. Eu deveria aprender a filmar com um primeiro estágio dentro do meu alcance.
O inflável do live-aboard estava nos esperando na superfície. Ele me levou de volta ao barco e o guia voltou para o fundo para assistir os outros mergulhadores. Eu me repousei deitado pela primeira meia hora e bebi pequenos goles d'água. Depois disso, verifiquei o meu equipamento. Removi o swivel lateral do meu regulador. O O-ring estava se soltando do swivel.

Eu tentei pensar no que poderia ter sido a causa desse mau funcionamento do equipamento. Meu equipamento tinha passado por uma manutenção antes da viagem na melhor operadora da Holanda. Eu sou cuidadoso com todo o meu equipamento de mergulho e sempre verifico cada item antes da checagem do dupla. A única coisa que posso pensar é que, em algum momento durante o último mergulho, o swivel tenha girado sem resistência. Eu não pensei que isso devesse ser causa de preocupação. O formulário do relatório on-line solicitava alguns detalhes do equipamento. Eu não podia fornecer nenhum porque não havia nenhuma etiqueta no swivel. Não me lembro de ter recebido nenhuma documentação sobre o swivel quando comprei o meu equipamento de mergulho.

Eu o removi e não o usarei mais. Atualmente, muitas marcas de reguladores são vendidas com swivels anexados. Incidentes como esse podem ocorrer no futuro e os mergulhadores precisam estar avisados quanto a esse perigo. Estou escrevendo um blog de mergulho sobre isso para uma revista de mergulho holandesa. Espero que se espalhe o aviso de que um mergulhador deveria checar a fricção de rotação do swivel. Se estiver macia demais, há uma chance de que um O-ring exploda.

Eu estava usando a quantidade mínima de lastro. Tinha calculado o peso de modo que com um cilindro quase vazio eu ainda pudesse ser capaz de ficar abaixo da superfície, mas não era o suficiente para um cilindro completamente vazio. Eu devia ter levado alguns pesos extras.
O swivel (girador) é uma peça do equipamento projetada para facilitar manter o segundo estágio na boca. É um tipo de junção oca implantada entre o segundo estágio e a mangueira de provisão de baixa pressão. Ele possibilita uma rotação de até 360 graus. Qualquer interpolação deste tipo introduz pontos adicionais de potenciais falhas. Falhas nos primeiros modelos não eram incomuns.

Melhorias no design e na qualidade dos materiais utilizados contribuíram para a quase erradicação das falhas de swivel. No entanto, o potencial está sempre ali. Nem todas as falhas podem ser prevenidas e, assim, os mergulhadores devem estar prontos para os procedimentos de emergência. Em um caso como este, fechar a válvula do tanque e receber ar de um companheiro teria funcionado para uma subida segura. Contudo, como declarado no relato, a válvula do cilindro estava fora de alcance e o mergulhador não podia impedir que o cilindro se esvaziasse. Como resultado, o cilindro vazio causou problemas de flutuabilidade e uma subida mais rápida do que seria a melhor possível. Felizmente, este incidente não causou nenhum ferimento.

É sempre uma boa prática assegurar-se de que todos os equipamentos vitais estejam desobstruídos e dentro de fácil alcance.

— Dr. Petar J. Denoble, MD. D.Sc.


Other Case Summaries FAQs