DAN Medical Frequently Asked Questions

Back to Medical FAQ List
Bookmark and Share

Mergulhador de ‘Rebreather’ trata sozinho dor no ombro após mergulho (DD)

Oxigênio de superfície durante os primeiros socorros resolve dor no ombro pós mergulho (DD Tipo 1) após um mergulho com ‘rebreather' corretamente executado a 50 metros (164 pés)Um mergulhador de ‘rebreather' experiente com 35 anos de idade (400 mergulhos com Rebreather de circuito fechado) fez um único mergulho embarcado a 50 metros (164 pés) usando ‘trimix' 18/25 (18% oxigênio), 25% hélio e o restante nitrogênio) com tempo total de mergulho de 50 minutos (Veja perfil do mergulho na Figura 1).

A temperatura da água estava entre 10º e 15ºC, a visibilidade era menos de 3 metros. A pressão parcial de oxigênio ajustada no ‘rebreather' era de 1,2 e variou entre 1 e 1,2 ATA. O mesmo gás diluente e o mesmo ajuste de PO2 foram usados durante todo o mergulho . Seu dupla de mergulho de muito tempo, um medico, o acompanhou, eles ficaram juntos durante o mergulho.

Logo após o mergulho, ao voltar a bordo do barco, o mergulhador se queixou de dores no seu ombro direito com uma severidade entre 2 e 3 numa escala de 0 a 5. Ele começou a respirar oxigênio de superfície (normobárico) usando uma válvula de demanda e seu cilindro de oxigênio S40. Durante os primeiros 10 minutos, a dor se intensificou e depois começou a ceder. Após 20 minutos, ele estava sem dor.

Ele continuou a respirar oxigênio por mais 20 minutos (tempo total respirando oxigênio: 40 minutos). Os sintomas não voltaram após parar de respirar oxigênio. O mergulhador se recusou a entrar em contato com a DAN, mesmo sendo associado à DAN. Seu dupla, quem relatou esse incidente, verificou com o mergulhador dois dias depois e confirmou que a dor não voltou a se manifestar.
Os dois mergulhadores tiveram um perfil de mergulho semelhante, usando computadores de mergulho confiáveis e mantendo abaixo do ‘teto' durante todo o tempo. Apesar disso, um dos mergulhadores desenvolveu doença descompressiva (DD) e o outro não apresentou sintomas. (O ‘teto' está marcado em vermelho na Figura 1; ele indica a profundade minima que o mergulhador pode subir – isto é, a profundidade da próxima parada descompressiva após a descompressão numa dada parada.)

Dores articulares e musculares causadas pela DD são mais prováveis em profundidades maiores mas outros fatores além da profundidade e do tempo de fundo podem contribuir para a DD Tipo 1. Neste caso, o mergulhador não notou nenhum outro problema que possa ter contribuido para esse quadro de DD.

Respirar oxigênio na superfície é o melhor procedimento de primeiros socorros. Mergulhadores técnicos normalmente tem muito oxigênio disponível e válvulas de demanda preparadas para uso com oxigênio. Mergulhadores recreativos dependem de um kit de primeiros socorros que inclua um regulador dedicado com uma máscara e um suprimento limitado de oxigênio. O cenário de gerenciamento do caso relatado é provavelmente bastante comum entre mergulhadores técnicos, assim dores articulares pós mergulhos (DD Tipo 1) é possivelmente sub reportado.

Observe que a dor piorou durante um tempo antes de melhorar durante a administração de oxigênio de superfície. O mergulhador deve estar atento sobre essa condição e não interromper os primeiros socorros precocemente. Algumas vezes é reportado que a falha no procedimento de administrar oxigênio de superfície durante os primeiros socorros da DD Tipo pode ser devido a desistência precoce do procedimento. Todavia, alguns casos podem ser resistentes aos primeiros socorros apenas e podem requerer tratamento adicional. Todos os casos de DD, mesmo resolvidos espontaneamente ou com o uso de oxigênio de superfície deveriam ser avaliados por um médico.


Dr. Petar J. Denoble


Other Case Summaries FAQs