DAN Medical Frequently Asked Questions

Back to Medical FAQ List
Bookmark and Share

Abandonados durante um mergulho em corrente

Mergulhadores em corrente ficam à deriva em águas abertas quando um mergulho não corre de acordo com o planejado Tratava-se de uma série de mergulhos programados entre um charter (barco alugado) e um barco de mergulho. As condições no primeiro mergulho do dia incluíam uma corrente razoavelmente ligeira, uma excelente visibilidade e uma temperatura da água entre 25,5º C e 26º C (78º F e 80º F). Cinco mergulhadores entre as idades de 30 e 70 anos optaram por um mergulho em corrente (drift dive) como segundo mergulho do dia no fim da tarde. Um outro mergulhador e eu decidimos não participar do segundo mergulho; em vez disso, permanecemos no charter. O plano para o mergulho em corrente previa que o barco de mergulho levasse os mergulhadores ao ponto de imersão e o charter permanecesse parado.

O capitão do barco de mergulho acompanhou os mergulhadores como dive-master e um membro da tripulação designado permaneceu no barco para monitorar e recuperar os mergulhadores depois que voltassem à superfície. Ao final, o barco de mergulho deveria levar os mergulhadores de volta ao charter. No entanto, o barco de mergulho teve complicações quando o membro da tripulação prendeu o hélice no cabo que flutuava na popa do barco e não conseguiu mais acompanhar os mergulhadores enquanto eles eram levados pela corrente. Ele levou uma quantidade significativa de tempo para cortar o cabo e liberar o hélice, e não conseguiu monitorar os mergulhadores simultaneamente. Quando o barco pôde se mover de novo, ele não conseguiu localizar os mergulhadores. Também não avisou o capitão do charter sobre o atraso do barco de mergulho.

Enquanto isso, os mergulhadores emergiram sem nenhum barco à vista. Estima-se que os mergulhadores tenham sido levados pela corrente algumas poucas milhas além do ponto de subida planejado. Um dos mergulhadores tinha uma salsicha de emergência, mas o membro da tripulação não a viu. O grupo de mergulhadores decidiu nadar por 45 minutos, até que encontraram a praia de uma ilha deserta. Eles não tinham meios de se comunicar com nenhum dos barcos ou chamar por ajuda. Não recebendo nenhuma comunicação do barco de mergulho, o capitão do charter sentiu que os mergulhadores haviam superado em muito o prazo de retorno ao barco; usando uma lancha menor, ele começou a procurar por eles. Finalmente os encontrou. Ele recuperou todo o grupo de mergulhadores aproximadamente uma hora depois de eles terem alcançado a praia. Como resultado do incidente, os mergulhadores apresentavam grande exaustão, mas nenhum ferimento ou complicações de saúde.
Um planejamento completo para um cenário de pior caso antes de um mergulho pode parecer excessivo; no entanto, este caso ilustra os benefícios de se discutir criticamente e revisar os planos da operação do mergulho. Detalhes considerados menores podem ser cruciais no caso de uma situação de emergência. Avaliando este incidente, monitoração do mergulhador, protocolos de comunicação e prontidão do mergulhador são três áreas nas quais o plano de operação deste mergulho poderiam ser melhorados.

O mergulho em corrente a partir de um barco é aquele em que os mergulhadores seguem a corrente do ponto de mergulho e, em vez de nadar para o barco na volta à superfície, são acompanhados e recuperados pelo barco no final do mergulho. Seguir as bolhas dos mergulhadores pode ser um plano de monitoramento eficaz; contudo, um modo mais confiável de se monitorarem os mergulhadores em corrente é utilizar um cabo de flutuação. Esse método requer que um mergulhador reboque um cabo e um marcador de superfície, que normalmente consiste em uma boia com uma bandeira de mergulhador submerso. O marcador de superfície fornece uma referência mais visível da localização do mergulhador para o operador do barco do que as bolhas, especialmente em águas agitadas.

O mergulhador relatou condições de mergulho ideais; apesar disso, um marcador de superfície poderia ter proporcionado um ponto de referência melhor do que apenas as bolhas, especialmente dado que o membro da tripulação estava distraído liberando o hélice do barco. Não se sabe se havia outros membros da tripulação ou "observadores de bolhas" a bordo do barco de mergulho. É útil ter mais de uma pessoa observando do alto para se assegurar de que a localização dos mergulhadores seja conhecida.

Um detalhe importante neste incidente é a falha de comunicação entre os dois barcos. Se o charter tivesse sido avisado sobre o incidente com o hélice do barco de mergulho, o capitão do charter poderia ter fornecido auxílio antes, potencialmente evitando que os mergulhadores tivessem ficado abandonados e acabassem nadando 45 minutos até a praia. Não se sabe por que a comunicação entre os dois barcos falhou. Assim como companheiros de mergulho precisam assegurar uma comunicação eficaz por meio de sinais, operadores de barcos de mergulho também deveriam manter dispositivos de comunicação eficientes e estabelecer protocolos durante o planejamento do mergulho.

A prontidão dos mergulhadores também deveria ser levada em consideração. O mergulhador relatou que uma salsicha de emergência foi liberada quando os mergulhadores viram que o barco não estava à vista. Infelizmente, a salsicha de emergência não foi notada e os mergulhadores não tinham outros dispositivos de sinalização à disposição. Dispositivos de sinalização visual devem ser grandes o suficiente e de uma cor brilhante para serem notados de longe. Para estar preparados para vários cenários, é recomendável ter uma variedade de dispositivos de sinalização disponíveis durante o mergulho. Dispositivos de sinalização sonoros, tais como apitos ou buzinas, são simples e eficientes. Um dispositivo como o Nautilus Lifeline permite que um mergulhador envie um sinal específico de perigo via GPS e tenha uma comunicação de mão dupla com o barco.

Ficar abandonado no mar é psicologicamente extenuante e exige muito fisicamente. Encontros com vida marinha perigosa, desidratação, exaustão e hipotermia são possíveis cenários de risco à vida. Este caso serve como um lembrete de que um planejamento completo das operações de mergulho e considerações atentas aos detalhes podem ter um grande impacto na segurança de um mergulho.

— Brittany Trout


Other Case Summaries FAQs